quinta-feira, 17 de maio de 2007

Dueto




Eu sou a poesia



Não me perguntes que sou!...
Sou uma Seara de Poesia no distante
onde semeio a saudade e o amor.
Sou árvore secular espetando o azul etéreo,

sou o silêncio na noite das palavras,

sou a poesia... que te fala!...

Sou a origem das palavras que te chegam...

sou a máscara de cansaço, nada mais!

Não me perguntes quem sou!...j

á não existo, meu coração fui apunhalado,pelo tédio gelado da indiferença!

Das origens sou apenas a força destes versos...como trigo de mensagens no levedar dos dias!

Não sou ninguém!... sou o ser fantasiado,na vida que dizima, a tragédia dos sonhos limitados... Não me tortures, eu não existo...recebe o calor do meu sol inacessível...como anteceder das origens de outros tempos,onde o silenciar da noite feria as estrelas...As horas enlutadas, soluçando como o vento,

Ditaram tudo o que sou hoje: A poesia


Ferdinando

Alemanhahttp://www.fersi.de/



Sou a vida


Um dia vou lhe dizer quem eu sou...
Sou o nascer do sol em começo de outono,
sou a luz que surge no alvorecer.
Sou a folha que começa a cair.
Sou o barulho da água que jorra
sou a poesia ...que canta...
Sou a vida...
Sou a lágrima que corre em seu rosto
Sou o choro ... do amor incompreendido...
Um dia vou lhe dizer quem sou..
.meu coração já foi machucado
encontrei alguém com marcas no coração
minhas máscaras caíram
deixei meu amargor do lado de fora
sem subterfúgios,
caminhei ao meu destino
procurei sonhar
chegou o entardecer,
no céu desceu um véu azulado
mesclado do vermelho do sol que esvaiu-se.
Não permita que eu chore mais,
deixe que o silencio do meu coração
mostre a você quem eu sou.
Porque sou a parte da poesia
que emana todo o meu ser.

Myrian Benatti..........Brasil

Nenhum comentário:

Bem vindo!!!

Seja sempre bem vindo
Quando ler meus textos ou dos meus amigos, comente.Suas palavras sempre serão bem vindas.Se não souber o que falar deixe um abraço, mas não faça comentários maldosos, estes vc guarde.Entre e fique a vontade, vc faz parte da família, dos amigos

Alma Encantada

Alma Encantada
sempre sorrindo!!!
Loading...

Marcadores

Quem sou eu

Minha foto
Sou poesia,sou procura, sou ilusão.

quem sou eu...

Desde mocinha eu escrevia poesias, cada vez que eu terminava uma paixão, eu fazia um poema, cada tristeza, alegria,cada olhar maroto.Acho que porisso me tornei uma poetiza, pq sempre estive apaixonada.As lágrimas que eu derramava se transformavam em sementes, em letras, em textos, em poemas.Ainda hoje faço isso, qdo estou triste com alguém eu escrevo uma poesia, cada poesia minha tem uma história.É como a semente que transformou em árvore.(MyrianBenatti)