quarta-feira, 9 de abril de 2008

Acordo com a brisa da manhã


Acordo com a brisa da manhã, espreguiço-me
deitada na cama ainda abraçada aos lençóis penso em você,
sei que me espera.
Levanto e ando pela casa completamente nua,
tomo uma ducha ainda pensando em você,
o sabonete desliza em meu corpo
como se fosse sua mão conhecendo meus mistérios,
a espuma nos meus seios e pernas me deixa excitada,
imagino você do outro lado
suas pernas entrelaçando com as minhas
suas mãos em mim,
você em mim.
Assim fico por alguns momentos de olhos fechados
saboreando o instante.
Saio da banheira enrolada numa toalha branca, felpuda,
Enxugo-me devagar, como uma carícia,
ainda completamente nua procuro o perfume que você me deu,
borrifo uma gota de Eau de Soir nos lóbulos,
uma gota em meus pulsos, e entre meus seios,
escolho uma calcinha de renda estampada,
com flores vermelhas e fundo pérola,
coloco o corpete com a cinta liga
visto-me sensual para você,
meias finas,
jogo em cima um vestido leve que dança em meu corpo,
passo apenas um lápis em meus olhos e um batom,
visto meu escarpin preto pego minha bolsa e saio.
Estou com você no meu pensamento,
ouço a nossa música, cantarolo alguns trechos...da música de Vinícius
"Quando a luz dos olhos meus e a luz dos olhos teus
resolvem se encontrar, Ai, que bom que isso é, meu Deus
que frio que me dá o encontro desse olhar".
E vou ao seu encontro.




Myrian Benatti

Nenhum comentário:

Bem vindo!!!

Seja sempre bem vindo
Quando ler meus textos ou dos meus amigos, comente.Suas palavras sempre serão bem vindas.Se não souber o que falar deixe um abraço, mas não faça comentários maldosos, estes vc guarde.Entre e fique a vontade, vc faz parte da família, dos amigos

Alma Encantada

Alma Encantada
sempre sorrindo!!!
Loading...

Marcadores

Quem sou eu

Minha foto
Sou poesia,sou procura, sou ilusão.

quem sou eu...

Desde mocinha eu escrevia poesias, cada vez que eu terminava uma paixão, eu fazia um poema, cada tristeza, alegria,cada olhar maroto.Acho que porisso me tornei uma poetiza, pq sempre estive apaixonada.As lágrimas que eu derramava se transformavam em sementes, em letras, em textos, em poemas.Ainda hoje faço isso, qdo estou triste com alguém eu escrevo uma poesia, cada poesia minha tem uma história.É como a semente que transformou em árvore.(MyrianBenatti)