domingo, 1 de julho de 2007

Um poema para Gina


Por ti e para ti e em nome do amor

Fiz-me e refiz-me e me transfigurei

Fui beijo, fui conversa, fui ardor

E fui o ciúme em que me incendiei

Foste amor (nem sei és ainda)

O meu pedaço, essa coisa tão linda.

Que me faz rever no teu abraço

Ou, no teu adeus, um embaraço.

És um vício tal e qual o do tabaco

Se te fumo, sinto-me culpada.

Se te não aspiro, sinto que abafo...

Eu sei que tenho de reencontrar-me

A sós comigo, mas nunca abandonada!

Emirjo e temo voltar a queimar-me!



Maria Badalassi (poetisa portuguesa)

Nenhum comentário:

Bem vindo!!!

Seja sempre bem vindo
Quando ler meus textos ou dos meus amigos, comente.Suas palavras sempre serão bem vindas.Se não souber o que falar deixe um abraço, mas não faça comentários maldosos, estes vc guarde.Entre e fique a vontade, vc faz parte da família, dos amigos

Alma Encantada

Alma Encantada
sempre sorrindo!!!
Loading...

Marcadores

Quem sou eu

Minha foto
Sou poesia,sou procura, sou ilusão.

quem sou eu...

Desde mocinha eu escrevia poesias, cada vez que eu terminava uma paixão, eu fazia um poema, cada tristeza, alegria,cada olhar maroto.Acho que porisso me tornei uma poetiza, pq sempre estive apaixonada.As lágrimas que eu derramava se transformavam em sementes, em letras, em textos, em poemas.Ainda hoje faço isso, qdo estou triste com alguém eu escrevo uma poesia, cada poesia minha tem uma história.É como a semente que transformou em árvore.(MyrianBenatti)